Leão-baio morre atropelado na ERS 342 km-149 proximidades da CCGL

Leão-baio morre atropelado

Um leão-baio, animal silvestre em extinção,Ela foi encontrada atropelada na rodovia Cruz Alta-Ijuí,(ERS 342),a 5km da CCGL.

Descarta-se a hipótese de crime ambiental, já que não há marcas de tiros ou outro tipo de agressão humana ao animal, exceto a batida com o veículo que o atropelou. Caso houvesse um crime ambiental, o responsável responderia a processo criminal e seria multado em, no mínimo, R$ 500. 

 

O leão-baio é o segundo maior carnívoro das Américas, menor apenas que a onça-pintada. Vive entre o Sul do Chile e o Norte do Canadá e se adapta facilmente.

 

No Brasil, é conhecido também por puma, onça-parda e suçuarana. 
 


Muito semelhante ao leopardo, o leão-baio pesa geralmente entre 30 e 60 quilos, tem 1,1 metro de comprimento corporal e 60 centímetros de cauda. Um único felino corre um raio de até 40 mil hectares — 400 milhões de metros quadrados —, e chega a comer mais de uma tonelada de carne por ano. Suas presas são animais silvestres, e os ataques a humanos são raros. 

 

Populações de leão-baio têm se estabilizado ou crescido em algumas regiões da América do Norte, mas podem estar em queda em áreas da América Latina devido à crescente ocupação e aos desmatamentos desenfreados. 

 

A necessidade de preservar o leão-baio se dá por vários motivos. A extinção provocaria o aumento de pragas e roedores e desvalorizaria ainda mais o produto pecuário, causando efeitos negativos no tradicionalismo da região e, consequentemente, no turismo rural.


Várias pessoas fizeram registros fotográficos e chamou a atenção na manhã desta sexta(22).


 Fonte: Grupo Repórter


Foto: Grupo Repórter

Foto:Jailson Guilhermano



Os comentários não são moderados e são de inteira responsabilidade de seus autores. Utilize este espaço com elegância e responsabilidade.
Contato
Ijuí Notícias
98700-000 Ijuí, RS, Brasil
Rede Sociais